26 de agosto, 2017
403

R.I.P., Brazil, por Fábio de Oliveira Ribeiro no Jornal GGN

Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda da Alemanha nazista: "Um bom governo não pode mais existir sem propaganda e uma boa propaganda não pode mais existir sem um bom governo." 

Refletir sobre o presente e sondar o futuro só é possível olhando para o passado.


O vídeo: NÃO SEJA UM OTÁRIO - Don`t Be a Sucker, de 1947" está no final desta matéria.

Jornal GGN, O Jornal de todos Brasis - FÁBIO DE OLIVEIRA RIBEIRO - SAB, 26/08/2017 11:33 - ATUALIZADO EM 26/08/2017 17:50foto capa: Hitler e Goebbels , ele também na foto abaixo.

As palavras de Joseph Goebbels se tornaram realidade no Brasil. Essa verdade é dolorosa, mas não pode ser contornada.

O governo Dilma Rousseff caiu porque não foi capaz de silenciar ou de sobrepujar a propaganda negativa contra o PT feita diariamente pelos meios de comunicação. Os programas sociais carinhosamente criados e administrados pelos governos petistas eram excelentes, mas foram incapazes de convencer a população de que o governo merecia ser preservado e defendido.

Após assaltar o poder a quadrilha de Michel Temer destruiu rapidamente os programas sociais do PT. A reação popular não ocorreu, pois a propaganda dos meios de comunicação manufaturou o consenso político em favor das reformas neoliberais. Além disso, a liberdade de expressão nas redes sociais não significa nada se não for acompanhada de ações concretas nas ruas.

Fiquei comovido ao ver o apelo de Luis Nassif no GGN. Todavia, não creio que ele será eficaz. O nacionalismo deixou de ser um elemento estruturante da nossa realidade. Isto ocorreu em parte como reação aos abusos cometidos pelos governos militares. Além disso, a esquerda não foi capaz de utiliza-lo no período em que governou.

Tudo está perdido. No final de 2014 eleitores de Aécio Neves queriam separar o sul e o sudeste do resto do país em razão da vitória do PT. Em razão do sucesso da caravana de Lula já existem militantes de esquerda  cogitando separar o norte, o nordeste e parte do  centro-oeste do Brasil.

As forças políticas que garantiam a coesão do Brasil foram destruídas. A fragmentação territorial será inevitável. Enfraquecido o Exército não conseguirá nem mesmo movimentar tropas para defender nossa unidade Em algum momento, porém, as empresas de comunicação também começarão a colher o que plantaram. A ganância pelo poder resulta sempre em húbris.

O prejuízo dos jornais e redes de TV serão inevitáveis, um resultado perverso das bombas semióticas jogadas no campo político pelos próprios jornalísticos. Os juízes também irão colher os espinhos que plantaram, especialmente os que pertencem ao MPF e a Justiça Federal.

A propaganda levou os nazistas ao governo e amplificou seu poder, mas não foi capaz de vencer a II Guerra Mundial. A propaganda derrotou o PT e garantiu as reformas neoliberais, mas não impedirá a destruição da federação. Goebbels estava certo e errado.
__________________________________________________________

Os 11 princípios do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels - Jornal GGN via Carta Capital 31/07/2015 00:00

Qualquer semelhança com as práticas da mídia golpista brasileira é mera coincidência...

Goebbels, o violento ministro de propaganda de Hitler

Estes são os 11 princípios que levaram o povo alemão a tentar exterminar à humanidade:
 
1.- Princípio da simplificação e do inimigo único - Simplifique não diversifique, escolha um inimigo por vez. Ignore o que os outros fazem concentre-se em um até acabar com ele.
 
2.- Princípio do contágio - Divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem.  Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo.
 
3.- Princípio da Transposição - Transladar todos os males sociais a este inimigo.
 
4.- Princípio da Exageração e desfiguração - Exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor. “O que nos acontecerá?”
 
5.-Princípio da Vulgarização - Transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir.
 
6.- Princípio da Orquestração - Fazer ressonar os boatos até se transformarem em notícias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial’.
 
7.- Princípio da Renovação - Sempre há que bombardear com novas notícias (sobre o inimigo escolhido) para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas.
 
8.- Princípio do Verossímil - Discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas em contra do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro.
 
9.- Princípio do Silêncio - Ocultar toda a informação que não seja conveniente.
 
10.- Princípio da Transferência - Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acresce com um fato que tenha acontecido antes
 
11.- Princípio de Unanimidade - Busca convergência em assuntos de interesse geral apoderando-se do sentimento  produzido por estes e colocá-los em contra do inimigo escolhido.

Qualquer semelhança com as práticas do PIG é pura coincidência....
__________________________________________________________

Joseph Goebbels Sobre Midia e Propaganda, por A Verdade Imparcial - Youtube 11/set/2015 (*) tradução Google, sujeita a erros

Goebbels tornou-se membro do Partido dos Trabalhadores do Alemão Nacional-Socialista em 1924. Goebbels tornou-se familiar com o líder da organização, Adolf Hitler. Neste momento, a inflação tinha destruído a economia alemã e a moral da cidadania alemã, que havia sido derrotada na Primeira Guerra Mundial. Adolf estava impressionado com a habilidade de Goebbels de comunicar seus pensamentos por escrito, enquanto Goebbels estava apaixonado pelo talento de Adolf para falar em frente de grandes multidões com tanta sinceridade.

Neste discurso pronunciado em 18 de agosto de 1933, Goebbels desenvolve seu pensamento nas direções que a rádio alemã tomaria. A ocasião é a abertura de uma exposição de rádio. Como observa Goebbels, um receptor de rádio de baixo custo, o folksy, acaba de acabar cobrando pelo cidadão comum. O vídeo também contém o discurso original em 1933 no The Sportpalast. Onde quer que o povo alemão esteja preocupado,

* A Rádio como o Oito Grande Poder * por Joseph Goebbels

Queremos atingir nosso objetivo. Se a ciência, a indústria e os líderes intelectuais trabalharem lado a lado, e se seus esforços comuns forem apoiados por um senso firme da maior responsabilidade política, então deixaremos os muitos erros e erros do passado e abriremos uma nova era de rádio alemã , Ele abrirá novas estradas, mas para o trabalho de rádio. Esta exposição está à sombra desta grande tarefa. É um começo, um começo, uma expressão de coragem alemã e confiança alemã.

- Joseph Goebbels, "O rádio como a oitava grandeza", sinaliza os novos tempos. 25 discursos selecionados pelo Dr. Joseph Goebbels (Munique: Editora Central do NSDAP, 1938), pp. 197-207.

Ao contrário da crença popular, Goebbels o que não era bom. Como o biógrafo Heiber observa: "Goebbels, qual é o melhor caminho a seguir sobre isso".

"A boa propaganda não precisa mentir".
__________________________________________________________

Dr.Goebbels "O Comparsa de Hitler" ORIGINAL Full version legendado - Youtube 07/jan/2013

Os comparsas de hitler documentario alemao 1996 - Paul Joseph Goebbels (Mönchengladbach, 29 de outubro de 1897 — Berlim, 1 de maio de 1945) foi o ministro do Povo e da Propaganda de Adolf Hitler (Propagandaminister) na Alemanha Nazista, exercendo severo controle sobre as instituições educacionais e os meios de comunicação.[1] Foi uma figura-chave do regime, conhecido por seus dotes retóricos. Era um dos líderes políticos nazistas mais destacados que tinham concluído estudos superiores. Teve uma posição correspondentemente importante entre os nazistas. Um dos primeiros e ávido apoiante da guerra, Goebbels fez tudo em seu poder para preparar o povo alemão para um conflito militar em larga escala. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele aumentou o seu poder e influência através de alianças, deslocando dirigentes nazistas. Em finais de 1943, a guerra estava virando contra os poderes do Eixo, mas isso só fez Goebbels estimular a intensificar a propaganda, exortando os alemães a aceitar a idéia de guerra total e de mobilização. Goebbels permaneceu com Hitler em Berlim até o fim, e na sequência do suicídio do Führer, foi indicado por ele para servir como Chanceler do Reich, ao qual o foi, por apenas um dia. Em suas últimas horas, sugere-se que Goebbels permitiu a sua mulher, Magda, matar os seus seis filhos pequenos. Pouco depois, Goebbels e sua mulher cometeram suicídio.


__________________________________________________________

NÃO SEJA UM OTÁRIO - Don`t Be a Sucker, de 1947 - Youtube Publicado em 15/ago/2017 - versão completa 17'44"Vídeo feito pelo governo americano (Departamento de Guerra), logo após a Segunda Guerra Mundial, para alertar seu povo sobre os perigos do preconceito e divisão das minorias. LEGENDADO EM PORTUGUÊS.

Não seja um otário - Legendado (Don't be a sucker) Youtube Publicado 16/ago/2017 * Versão resumida tempo de 2'40"

Acesse, curta e recomende o JORNAL DO NASSIF

Participe do BLOG e comente esta matéria (dentro das regras abaixo)!

- Enviaremos um e-mail para confirmar se a postagem realmente é sua e não um fake (seu endereço de e-mail não será publicado, será mantido sob sigilo).
- Os comentários serão moderados e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva do autor do comentário.
- Não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1000 caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência.
- Não há, contudo, moderação ideológica.
A ideia é promover o debate mais livre possível, dentro de um patamar mínimo de bom senso e civilidade.
Obrigado!

Limite de caracteres no comentário : 1000

Total restante: